Banner Curso de Especialização em Geoprocessamento

Curso EAD de Especialização em Geoprocessamento, Levantamento e Interpretação de Solos

On 05/05/22 15:25 . Updated at 05/05/22 15:25 .

As Universidades UFMG, UFRA, UFRRJ e UFV foram habilitadas no Edital Capes/UAB 9/2022, fase 2, para articulação de cursos superiores na modalidade EAD no âmbito do Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), por meio de seus pólos UAB. O curso proposto, de título Especialização em Geoprocessamento, Levantamento e Interpretação de Solos, será ofertado em sistema de consórcio e simultâneo pelas Universidades citadas, em associação com a UFG, UFRPE e UFSM. O projeto pedagógico do curso (PPC) integra a proposta futura da Universidade Pronasolos e tem como objetivo geral a formação de agentes públicos e profissionais capacitados na identificação e reconhecimento de solos, elaboração de mapas pedológicos e interpretação desse recurso para fins agrícolas e ambientais. A Sociedade Brasileira de Ciência do Solo (SBCS), por meio da sua presidência e de seus representantes no Comitê Executivo do Pronasolos, tem participado diretamente da negociação com a Capes e o MAPA, o que levou a esse resultado favorável, com nota máxima (5) na avaliação das propostas, e agradece, ainda, a colaboração direta do ex-presidente da SBCS, professor Flávio Camargo, e do pesquisador da Embrapa Solos, José Carlos Polidoro, que atuaram como elementos de conexão entre as Universidades, a Capes e o MAPA. Para Polidoro, “o PronaSolos demandará mais de 500 especialistas, em todo o Brasil, para a execução dos projetos e o alcance das metas desse programa nacional de mapeamento dos solos do Brasil, em escala 1:100.000 ou mais detalhada. Este curso “piloto” permitirá a formação contínua e simultânea de especialistas para atuar em levantamento de solos e suas interpretações e será a base para a criação da Universidade PronaSolos, a única do mundo especializada em Ciência do Solo". Já para o professor Flávio Camargo, “o curso e seus egressos serão o ponto de partida para consolidar a proposta da Universidade Pronasolos, com a formação de recursos humanos voltados para a aplicação e resolução das demandas estabelecidas no Pronasolos. Assim como foi no começo dos primeiros levantamentos e elaboração dos mapas de solos brasileiros, este momento também poderá ser um marco da renovação da ciência do solo brasileira. É muito oportuno que a aprovação deste curso tenha acontecido no ano em que celebramos os 75 anos da SBCS, que também congrega as Universidades do consórcio”, disse ele.

 

Curso de Especialização em Geoprocessamento

Categories: NOTÍCIA