Banner France

Escola de Agronomia recebe visita de professores do ISARA - Instituição France Agro3

Em 18/04/22 08:41. Atualizada em 18/04/22 08:41.

A Escola de Agronomia (EA) da Universidade Federal de Goiás (UFG) recebeu, no último mês de março, a visita de representantes das Instituições do grupo France Agro3. Estiveram presentes na UFG Emilien Pax, responsável pelo departamento de relações internacionais do Institut Supérieur d'Agriculture Rhône-Alpes (ISARA), e o pesquisador Sghaier Chriki, co-orientador de tese de doutorado em cotutela no PPGCTA.

Na ocasião, Emilien Pax ministrou a palestra "Oportunidade de Intercâmbio nas Instituições France Agro3" para discentes dos cursos de graduação e pós-graduação da EA. Durante a visita na EA, ainda tivemos a presença dos professores José Alves Júnior, Abadia dos Reis, Márcio Mesquita e Julião Pereira, além da Coordenadora do Projeto Brafagri, Professora Tatianne Ferreira, da pesquisadora Cristiane Morgado e do representante da SRI Marcos Goes.

Durante o encontro, foram discutidas possibilidades de continuação de trocas acadêmicas entre estudantes e professores, além da continuação de possíveis pesquisas em cotutela de tese. O Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos (PPGCTA) assinou, em 2022, o primeiro acordo de cotutela de tese da EA, que é um acordo de duplo diploma a nível doutorado da Escola de Agronomia da UFG.

A importância dessa parceria é de grande relevância para a Internacionalização da EA, lembrando que foi assinado, em 2021, um acordo de duplo diploma entre a UFG e as quatro Instituições do grupo France Agro3 (ISARA - Lyon; ESA - Angers; ISA - Lille; e INP - Purpan). Por meio desse acordo, os estudantes da EA dos cursos de Agronomia, Engenharia de Alimentos e Engenharia Florestal podem fazer intercâmbio tanto dentro do Projeto Brafagri quanto por autofinanciamento, sendo uma oportunidade única para nossos discentes, tanto profissional como pessoal, abrindo novos horizontes para o mundo e para a sociedade. "É enriquecedor podermos receber alunos estrangeiros e enviar nossos discentes para trabalhar com temas de pesquisas brasileiras no exterior, colocando o Brasil e a UFG dentro de discussões internacionais”, ressalta a Professora Tatianne Ferreira.

 

France Agro

Categorias: NOTÍCIA