Banner Sensor

Professores da UFG desenvolvem sensor de umidade do solo que ajudará no uso racional da água na agricultura

On 04/20/21 14:00 . Updated at 04/20/21 14:03 .

Os Professores da Escola de Agronomia da UFG Adão Wagner Pêgo Evangelista, Vladia Correchel e José Alves Júnior, juntamente com os Professores Wilson N. da Mota, Lauro J. Q. Maia, Luiz Felipe R. Varrone e Gilson de F. N. Gitirana Jr., também da UFG, desenvolveram um sensor de umidade do solo que ajudará no uso racional da água na agricultura.

A pesquisa resultou em artigo publicado na revista Computers and Electronics in Agriculture (v. 185, 2021, https://doi.org/10.1016/j.compag.2021.106119 ), cujo resumo é apresentado a seguir:

"As culturas cultivadas em estufa normalmente usam substratos sem solo como meio de cultivo. Nesse processo produtivo, é necessário um controle rigoroso da aplicação de água e fertilizantes. A disponibilidade de sensores que medem com precisão e com baixo custo a sucção matricial no meio de cultura possibilita a automação da irrigação. Os sensores atualmente disponíveis apresentam deficiências como sensibilidade reduzida em baixas sucções, interferência da temperatura ambiente e sendo afetados pela salinidade do substrato. O custo dos sensores disponíveis comercialmente também é um desafio. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi desenvolver um sensor de dissipação de calor para medir a sucção matricial na faixa de 0 a 5 kPa, exigida pela maioria dos substratos agrícolas. O sensor consiste em duas partes, sendo a primeira um núcleo ativo composto por uma fonte de calor e um sensor de temperatura. A segunda parte é um corpo poroso especialmente projetado que chega ao equilíbrio hidráulico com o meio no qual o sensor está inserido. O corpo poroso foi produzido com microesferas de vidro sinterizado. O sistema de aquisição de dados usa a plataforma Arduino Uno. Os sensores foram calibrados e testados usando um substrato de fibra de coco submetido a tensões de água entre 0 e 10 kPa, usando funis de Haines. Boas correlações foram observadas entre as variações de temperatura no sensor e as variações de tensão da água no substrato entre 0 e 5 kPa. O baixo custo e a adequada sensibilidade do sensor indicam que ele pode ser utilizado no controle automático de sistemas de irrigação em cultivo de plantas em substratos".

Sensor 1

Sensor 2

Sensor 3

Categories: NOTÍCIA